Arquivo | gente que eu gosto RSS feed for this section

coisas que eu gosto…

14 maio

eu nunca falei… mas eu simplesmente amo ilustrações de livros infantis… acho que é porque meu estilo de desenho é este, meio doodle… ou seja desenhos rápidos feitos à mão, gosto de traços retos e representações gráficas das coisas!

quando o ano começa fico sempre na expectativa de ver os livros de meus filhos, as ilustrações, as pinturas aquareladas… simplesmente adoro ver a paginação , o layout e a beleza e simplicidade das histórias!

hoje tive o prazer de conhecer o trabalho de um artista chamado Stephen Micheal King, que se tornou deficiente auditivo aos nove anos e de um aluno exemplar começou a ter dificuldades escolares… mas foi se destacando  em artes e expressando seus sentimentos e palavras através de seus livros.

Stephen cresceu em um subúrbio de Sydney e desde pequeno já gostava de desenhar. Enquanto muitas crianças deixaram para trás a vontade de desenhar, para Stephen era, além da essência da vida, uma das poucas maneiras que tinha de expressar-se, uma vez que, por volta dos nove anos, ele começou a ficar surdo.

o site é lindo… totalmente lúdico e fofo… e os livros estão no Brinque-book, gostaria de salientar que não estou recebendo nadica de nada pra falar bem do cara e nem dos livros dele… estou falando por que gostei de coração do trabalho… belíssimo e delicado!

fica a dica!

vale a pena ler mais no site dele e conhecer a história do autor… suas ilustrações lindas e meigas.

coisa boa de se ver… valeu a pena hehe! 😀

A volta da magrela

18 mar

porque… eu adoro pedalar!

Aprendi a andar de bike já meio grandinha com 9 anos… no pátio do prédio onde morava em Niterói lá pelos anos de 79, me lembro bem da bike de meu vizinho Adriano, era uma Caloi branca e do nada… sentei e comecei a andar… foi a glória! Como me lembro daquela sensação!

Depois que voltamos para Campos, apesar da topografia da cidade ser 100% favorável (planície ) ao uso das magrelinhas,  minha mãe não tinha grana pra comprar uma bike para nós, depois da separação de meus pais, voltamos a morar na cidade de origem e com uma mão na frente e outra atrás… minha mãe que nunca havia trabalhado na vida, estava diante de um mundo totalmente novo e desconhecido…  com dois filhos pequenos e sozinha!

Enfim… voltando as “magrelinhas”, depois de nos restabelecer na cidade novamente, minha mãe comprou uma Monareta laranja (usada) que usava para ir ao trabalho todos os dias (em 83) nesta época ela já havia  conseguido um emprego público através de um concurso… mas como fazia parte do apoio da escola, ganhava pouco e mais uma vez… a bike era para transporte e não para o lazer.

A gente ( eu e meu irmão) usava de vez enquando até ela poder cumprir a promessa de dar uma novinha em folha pra gente… foi assim que ganhei a minha primeira Caloi Ceci Rosa (mesmo assim usada) e foi nela que  eu ia para a escola ( 2º grau) todos os dias, com sol ou com chuva, na minha época não tinha ônibus de graça para estudantes como hoje tem aqui na cidade… e quando o pneu furava eu tinha de ir de busu com passe-estudantil (50% mais barato) ou a pé mesmo … caminhando e cantando! rs

Eita dureza, mas valeu a pena hehe!

Ai, sim depois de estar bem grandinha e já trabalhando… eu comprei minha Mountain Bike da marca Monark, foi a glória ( vou procurar a foto  que tenho e por aqui), pedalava aos montes e ia a tudo quanto era lugar com a minha magrelinha… e eu era também bem magrela na época…rsrsrsrs  aos 18 /19 anos e começando a trabalhar eu ia para o trabalho todos os dias,  academia, ia ao clube, ao centro da cidade , a casa de minhas amigas e não ficava a mercê dos ônibus lotados e vagarosos!

Depois que me casei… dei a bike para meu irmão, pois maridovisk tinha carro, na época da Faculdade de Odonto minha mãe havia comprado um Fusca 76 que deixava comigo e acabei me acostumando ao volante… a bike vermelha ficou velha e nem sei onde foi parar, meu irmão também se livrou dela… já tinha dado tudo…

Agora… não necessariamente nesta ordem : por necessidade de fazer exercícios ( pois estou bem acima de meu peso ideal para minha idade) e de quebra não usar o carro para pequenos percursos estou  muito animada a voltar a andar de bike pela cidade… o correio é relativamente longe para caminhar e perto para ir de carro… um desperdício de gasolina, emissão maléfica de gases e ainda por cima facilita o acúmulo de gordurinhas indesejáveis na região abdominal… da moça ( tá…nem tanto) que vos fala…

Pensando nestas coisinhas todas (muitas) e na saudade que sinto em voltar a andar de bike, em algumas semanas estarei comprando uma novinha em folha pra mimzinha u-huuuuuuuu( leia-se gritinhos histéricos) não será nenhuma bike dobrável , elétrica ou que custam os olhos da cara , não quero “postatus” em relação ao objeto adquirido por ter comprado esta ou aquela marca VIP, quero  até uma bem baratinha, pra poder desmontar e customizar de meu jeito fazendo dela a “minha bike”, tenho visto idéias geniais! Só preciso de um bom montador, ou seria re-montador de bicicletas para realizar minhas “pequenas loucuras”.

E vocês lembram de meu projeto Crafty Bike?

Idéia 1 – olha que fofaaaaa e olha estas outras!

Além da customização da bike , ando pensando em vários acessórios “cutes” para minha magrelícia… hoje  navegando por aí… achei a Ana Vivian com seu  tuto “espetacular” de uma bolsa para cestinha…  nem precisa falar que ameiiiiiiiiiiii… e antes que façam por aí e não  digam da onde viram… eu já disse aqui e os créditos é todo dela… rs .Valeu Aninhaaaaaaaaaaaa! E por falar na Ana, ela casou e foi de bike…vale muito a pena ver  como ela fez e preparou tudinho para suas bodas no estilo DIY… maravilhaaaaa!

As crianças já estão me “perturbando” pra comprar uma com “garupa” para levá-los aos meus passeios… perto de casa inaugurou uma nova avenida ( nem sei de quantos kilômetros) que liga meu bairro ao outro ponto da cidade… com ciclovias… dá pra pedalar com tranquilidade e ainda se exercitar. Quer melhor?

Ainda existe um preconceito enorme por parte das pessoas quanto ao uso das bicicletas,  principalmente aqui na minha cidade, onde é considerado “desprovido de recursos financeiros ” ( vulgo “sem-grana” ou se preferir “os sem-carro”) quem anda de bike e a usa para ir ao trabalho.

Mas como ando pesquisando modelos, preços e estilos de bikes, vejo que a cabeça das pessoas anda mudando bastante…pelas questões ecológicas e por questões de mais qualidade de vida… para nós e para o meio ambiente.

Um carro a menos nas ruas… logo após os comerciais! rsrsrsrsrs

Sites/blogs bacanas que achei: Será atualizado  toda vez que encontrar algo bacana, ok? Esta lista vai aumentar.

Pedalinas

Vá de bike

Domingueiras bike blog

Transporte Ativo

Bicicletada

Pedalante

E 10 dicas pra queme stá começando a pedalar ou re-começando feito eu!

e dentro deles tem um monte de referências legais…  espero que tenham gostado… em breve posto as minhas novidades!

 

Empreendendo…

24 fev

… minhas considerações pessoais.

Ser empreendedora não é nada fácil… mas na verdade somos movidas a uma busca interna de nossos objetivos que nem sempre tem a ver com a questão monetária… é difícil quem está de fora deste processo captar isso.

Ontem li dois posts em diferentes blogs que me motivaram profundamente neste momento em que estou, a constante perguntinha da consciência que me faço todos os anos: Estou no caminho certo? …um post foi no blog da Lu Gastal que dá sempre dicas de gestão,  ao meu ver uma mulher totalmente desprendida, confiante e que quer compartilhar suas experiências com todas as mulheres que puder… e consegue… na leveza das palavras, nas vírgulas sinceras e no carinho em cada ponto de seus posts.

“Existem dois momentos importantes na vida de uma pessoa.
O primeiro é quando ela nasce.
O segundo é quando ela descobre para que veio ao mundo.”

 

Ela criou seu negócio,e claro que não foi da noite pro dia… tudo é um processo,, e lá ela conta tim tim por tim tim…rs  fez escolhas que mudaram sua estrada, e o empreendedor é isso… não tem medo de se doar, de compartilhar experiências e não tem medo de mergulhar fundo em seus objetivos… priorizando o que o faz feliz e de quebra faz a outras pessoas também!

Fico aqui imaginando o grupo que trabalha com ela lá em Porto Alegre… mesmo sem querer as good vibes delas chegam até a mim só de imaginar… e isso é muito bom, o mundo precisa de pessoas felizes e despreendidas. Parabéns a Lu Gastal pelo seu empreendedorismo motivador… pra falar a verdade eu estava mesmo precisando de motivação, hehehehe ! 😀

O outro post foi no blog Assim, sim – handmade business que vale muito a pena acompanhar, conheci recentemente e já virou minha consulta diária… como podem ver não sabemos tudo, eu aprendo todos os dias, leio, vejo, observo, podemos saber mais se juntarmos forças… eu fico encantanda com tanta coisa boa que anda acontecendo por aí… tem muita gente boa reunida num objetivo único : compartilhar experiências… trocar informações e idéias. Muito , muito bom!

Acho isso tudo muito legal… e nos dias de hoje difícil de encontrar… adorei o post da Thiara Ney dona da Tuty que fala sobre o conteúdo grátis e a satisfação pessoal. É bem por aí…é o que eu sentia quando compartilhava meus  tutoriais de costura ( faz tempo que não faço um tuto) aprendi  com minha saudosa mãe, que se estivesse comigo hoje estaria muito feliz por tudo que já conquistei.

O empreendedor precisa desta injeção, precisa alimentar seus sonhos  dividindo , repartindo, se comunicando… não é fácil aos que estão de fora ver que isso é natural em quem empreende… é uma satisfação pessoal que dindin nenhum paga… eu me deparei com estas conclusões muito tempo depois… eu era assim e não sabia que era… rs

Por isso, ainda é tão difícil minha família aceitar o fato de eu não estar mais clinicando e sim fazendo algo com brilho nos olhos, com metas e colocando pra fora quem eu sou de verdade… todos os anos eles me perguntam : Quando voc?ê vai voltar pro consultório???? (risos)  é complicado expor aos outros o que você sonha não é o sonho deles… e sim o SEU SONHO.

E com estas todas informações eu chego a seguinte conclusão: é seu… SONHE… vá em frente, siga adiante… muitas pedras, muitos muros , mas todos  os obstáculos tem um único objetivo… o de tornar mais forte e segura do que você quer para si mesma e para quem te rodeia.

É isso aí… eu precisava falar… meninas obrigada pelo divã… rsrsrsrsrs

 

 

A festinha

23 fev

Como mostrei no post anterior os preparativos de meu aniversário, agora posto algumas fotos da festinha que foi feita meio de improviso na praia onde estou passando os fins de semana deste verão.

Nada planejado ou elaborado demais, comprei 2 metros de chita para as toalhas da mesa e aproveitei uma toalha de tafetá vermelha grande que fiz para o aniversário de meu filhote em 2001, viu quem guarda “tem”… fiz somente um churrasco  para poucos amigos e familiares,  mas que valem por mil… nem todos puderam ir, senti falta de minhas amigas fiéis escudeiras  que moram longe e de meu irmão e sua família, mas nem sempre dá pra todo mundo ir né?

Minhas tias inventaram uma macarronada à bolognesa que ficou divina… comidinha caseira de primeira qualidade… regada a churrasco, cervejex geladex, refri e coquitéis (baratézimos) de frutas!

Curtindo os momentos simples com amigos queridos, minha amada família… estou  me sentindo reenergizada! 😀

Valeu a pena He He!

Stickers Fantasmagóricos

29 out
 

Stickers Fantasmagóricos, upload feito originalmente por Borbolet’s© by Danny Barros.

Ontem fui intimada a fazer fantasias da Festa de Halloween da Escola para meus três filhotes…

Além das fantasias eles deveriam levar 10 salgadinhos e refirgerante para a festinha na sala de aula.

Então… comecei a coçar a cabeça e pensar no que poderia fazer… hummmm, então me lembrei da fonte Evilz que baixei há faz um tempo, e criei pequenos adesivos para colocar nos lanchinhos, como estava sem papel adesivado, usei folhas de 180g mesmo e recortei depois com a ajuda de meus Umpa-Lumpas! 🙂

Eles adoram participar destas brincadeiras… ficam realmente admirados e me elogiam o tempo todo!

Tem preço isso? A admiração de quem te ama e se sentem orgulhosos de ter uma mãe maluca como eu, hahahaha.

A princípio seriam para colocar em palitinhos que seriam espetados nos lanches , mas depois resolvi embalar um a um em saquinhos de papel  e colocar como um adesivo na frente dos saquinhos.

Declinei a idéia do salgadinho e resolvi fazer os lanchinhos mais saudáveis…

Cardápio:

Sanduíche de frango com cenoura ralada

Sanduíche de presunto, queijo com creme de leite.

Bem fresquinhos, em pão de forma sem casca.

Cortei ao meio e deu duas unidades cada sanduíche.Fiz em formato triangular também, mas achei que poderia ter feito todos retangulares, pois os retangulares ficaram melhores na embalagem na hora de fechar.

Me inspirei neste projeto no blog  Casos e Coisas da Bonfa… que estou acompanhando e adorando as dicas dela, ela faz todas as suas festinhas by yourself e o blog todo é realmente inspirador, ela é Designer e suas ilustrações são maravilhosas, ela realiza projetos gráficos profissionalmente, fica a dica pra quem quer um bom profissional para criar Identidade Visual com qualidade e profissionalismo.

Então depois de tanto ver as coisas lindas que ela faz, me deu vontade de experimentar neste humilde projeto… hahahahaha.

Valeu Bonfa!

Fica aqui a minha dica de hoje de como fazer coisinhas fofas com seus filhos e para seus filhos se sentirem felizes e aconchegados, são nestes  gestos e detalhes que fazemos toda a diferença… de ser empreendedora e mãe!

Brincadeira de criança é coisa séria… viver a infância, curtir a melhor fase da vida faz parte do ser humano que se mostrará no futuro!

Tenha certeza disso!

Espero que gostem… tem mais fotos no meu Flickr! 🙂

bjs

Danny

Direto da Alemanha

8 mar

Tenho uma amiga que mora na Alemanha, ela estudou comigo no segundo grau,( ensino médio, aff mudou tudo!) mas não andávamos juntas naquela época, mas  ela era sempre risonnha e divertida da classe, apesar de  ter uma calma peculiar , era super divertida e tinha sempre uma piada pra todas as situações, então em 89 nos formamos no curso de Química na ETFC , depois disso perdemos contato.

Eu fui trabalhar na White Martins e a Jane foi pro Rio de Janeiro fazer faculdade de Física ou Matemática,, não me recordo bem! rs

Depois de muita raça de tempo, nos reencontramos no Orkut (pelo menos pra isso serve) e voltamos a nos falar e escrever através de nossos blogs, ela estava casada com 2 filhos lindos e morava na aAemanha, agora a distância ficou mínima, e este ano ela vem novamente ao Brasil , e vem na cidade  passear, estou ansiosa com sua chegada, vem com o maridão e os filhotes fofos!

Foi maravilhoso reencontrá-la virtualmente e neste ano será pessoalmente pois ela ficará mais tempo por aqui, vamos trocar muitas ideias, coisinhas e fofocas, e o melhor de tudo rir muito!

Ela também faz arte, gosta de costuras e estamos trocando figurinhas (muitas pelo blog)…e advinhem, ela vai me trazer tecidinhos fofos de lá by Tilda  Style. Ano passado ela já me mandou uma caixa repleta de coisas fofas… e este ano esta surpresa!

Nem precisa dizer que amei né?

Adorei os florais e os geométricos! Impossível não ficar louca com eles! Sou “tecidomaníaca“, pronto , confessei meu vício!  😆

Já estou aqui pensando no que fazer com eles quando chegarem em junho, mas que  dá pena de cortar isso dá! 🙂

Faxina na alma!

23 fev

Revirando meus arquivos para fazer back up do computador, me deparei com este texto maravilhoso… espero que gostem é um  dos meus favoritos!

Não importa onde você parou…
em que momento da vida você cansou…
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período?
foi aprendizado…
Chorou muito?
Foi limpeza da alma…
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia…
Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque fechaste a porta até para os anjos…
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora…
Pois é…
Agora é hora de reiniciar…
De pensar na luz…
De encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Um corte de cabelo arrojado…
Diferente?
Um novo curso…
Ou aquele velho desejo de aprender pintar…
Desenhar…
Dominar o computador…
Ou qualquer outra coisa…
Olha quanto desafio…
Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.
Tá se sentindo sozinho?
Besteira…
Tem tanta gente que você afastou com o seu “período deisolamento”…
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para “chegar”perto de você.
Quando nos trancamos na tristeza…
Nem nós mesmos nos suportamos…
Ficamos horríveis…
O mal humor vai comendo nosso fígado…
Até a boca fica amarga.
Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar? ir alto… sonhe alto…
Queira o melhor do melhor…
Queira coisas boas para a vida…
Pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos…
Se pensamos pequeno… coisas pequenas teremos…
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor…
O melhor vai se instalar na nossa vida.
E é hoje o dia da faxina mental…
Joga fora tudo que te prende ao passado…
Ao mundinho de coisas tristes…
Fotos…
Peças de roupa, papel de bala…
Ingressos de cinema… bilhetes de viagens…
E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados…
Jogue tudo fora…
Mas, principalmente… esvazie seu coração…
Fique pronto para a vida… para um novo amor…
Lembre-se somos apaixonáveis…
Somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes…afinal de contas…
Nós somos o “Amor”…
Porque somos do tamanho daquilo que vemos, e não do tamanho da nossa altura.

Carlos Drummond de Andrade